CHUÍ

Com alguns ranchos e casas isoladas nas voltas da antiga guarda, às margens do Arroio Chuí estabelecida pelo coronel de ordenança Cristóvão Pereira teve início a povoação do Chuí em 1737. Chuí no Rio Grande do Sul é o ponto mais meridional do país estabelecendo fronteira com o Uruguai. Os primeiros habitantes eram conhecidos como HOMENS DO CERRITO.
No mesmo ano foi construído o forte de São Miguel em local estratégico onde se avista todo o movimento de barcos no Arroio São Miguel, forte mandado construir pelo brigadeiro José da Silva Paes. O Forte de São Miguel está a dez quilômetros de Chuí. É um forte de pequeno porte, construído em 1734, com granito rosado. Nele, estão expostos móveis, porcelanas, uniformes, armas e utensílios antigos.
O coronel Thomas Luiz Osório, construiu um forte que deu o nome de Santa Tereza, em janeiro de 1763. Já a Fortaleza de Santa Teresa está dentro do Parque Nacional de Santa Teresa, outro local muito bonito. Bem maior que o forte São Miguel, passou definitivamente à posse dos uruguaios em 1828, quando foi retomado pelas forças do general Leonardo Olivera. O parque, além das praias, tem uma ótima infra-estrutura, incluindo camping, restaurante.  Os fortes encontram-se em território uruguaio.

Na década de 60 o governo brasileiro adotou uma política nacional para fazer com que os municípios de fronteira se desenvolvessem economicamente.
Na década de 70 com a construção da BR 471 e a vinda de imigrantes palestinos e libaneses o comércio do lado brasileiro se desenvolveu intensamente, sendo até hoje a base da economia do município.
Em 1985, na época da abertura política surgiu no Chuí o primeiro movimento para emancipação, foi vetado devido sua  pouca população.
Em 28/dezembro/1995 consegue emancipar-se. Essa região serviu de palco para disputas entre portugueses e espanhóis, até a demarcação final da fronteira extremo sul do país. Por isso relevada importância histórica.

Além da avenida Internacional, a fronteira é demarcada por quatro marcos, Arroio Chuí, Arroio São Miguel e Lagoa mirim.

 

ATRAÇÃO TURÍSTICA

Compras nos Free Shoppings do lado Uruguaio.

Visita aos fortes Santa Teresa e São Miguel, no lado Uruguaio.

E os Cassinos ( lado uruguaio ).

 

LOCALIZAÇÃO: SUDOESTE RIOGRANDENSE

AO NORTE: Santa Vitória do Palmar
AO SUL: República Oriental do Uruguai
A LESTE: Santa Vitória do Palmar
A OESTE: Santa Vitória do Palmar

VIAS DE ACESSO:

RODOVIA FEDERAL: BR 471
RODOVIA ESTADUAL: RS 669
DUAS ESTRADAS RURAIS: João Gomes e São Miguel

DISTÂNCIAS

PORTO ALEGRE: 520 Km
SANTA VITÓRIA DO PALMAR: 20 Km
PELOTAS: 250 Km
PUNTA DEL ESTE: 200 Km
MONTEVIDÉU: 340 Km
RIO GRANDE: 215 Km

 

“NESTA LOCALIDADE, FRONTEIRA E LINHA DIVISÓRIA, SERVEM SEMPRE PARA UNIR AS PESSOAS E NUNCA SEPARÁ-LAS.”